Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

ARTE - Olafur Eliasson propõe nova Terra
Qua, 22 de Abril de 2020 12:14

Olafur Eliasson, em seu estúdio, em Copenhagem, Dinamarca. ...

(Londres, brpress) - O programa Back to Earth, que celebra o 50º aniversário da galeria Serpentine, encomendou ao artista dinamarquês Olafur Eliasson uma série de nove imagens da Terra, cada uma mostrando o planeta em um eixo diferente. A ideia tem tudo a ver com o Dia da Terra (Earth Day), comemorado em 22 de abril, com diversas ações globais.

 Cada imagem criada por Olafur Eliasson marca um local específico na Terra com um ponto. Ao olhar fixamente para o ponto por cerca de dez segundos e depois concentrar seu foco em uma superfície em branco, uma imagem posterior aparece nas cores complementares às criadas pelo artista. Ou seja: o espectador projeta literalmente uma nova visão de mundo.

Outro planeta

 O trabalho explora, como os mapas, o fato de o espaço e a própria Terra serem, em certa medida, uma construção que todos temos o poder de ver de outras perspectivas, seja individual ou coletivamente. Olafur Eliasson propõe que enxerguemos um novo mundo, a partir da crise provocada pela pandemia da COVID-19.

“Hoje, 'o mundo como conhecemos' é uma frase do passado. A atual crise da saúde parou nossas sociedades, afetando nossas economias, nossas liberdades e até nossos laços sociais”, diz o artista. “Devemos ter tempo para ter empatia com todos os atingidos pela crise e também aproveitar esta oportunidade para imaginar juntos a Terra que queremos habitar no futuro – com todas as suas maravilhas e beleza, diante de todos os desafios que temos pela frente”. 

Coexistência

Na criação de Eliasson, as perspectivas da Terra vislumbram um planeta no qual queremos viver juntos, acolhendo múltiplas perspectivas – não apenas as perspectivas humanas, mas também as dos animais e das plantas, da natureza. “No Dia da Terra, quero advogar – como em qualquer outro dia – para que reconheçamos essas várias perspectivas e, juntos, celebrarmos sua coexistência.”

O programa Back to Earth do 50º aniversário da Serpentine convida artistas, músicos, arquitetos, poetas, cineastas, cientistas, pensadores e designers a propor obras de arte e projetos que também são um chamado à ação em resposta à emergência climática. O Back to Earth é executado em todos os programas da Serpentine, seja presencial ou online em 2020 e além.