Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

MEIO AMBIENTE - Servidores acusam ministro de ‘destruição da gestão ambiental’
Qua, 17 de Abril de 2019 22:12

Romeu Zema, governador de MG, e o ministro do Meio Ambiente,...

(brpress) -  Servidores federais da área ambiental acusam ministro do Meio Ambiente. Ricardo Salles, de “destruição da gestão ambiental” em carta divulgada nesta quarta (17/04), em repúdio às suas ‘declarações e posturas’.   

Na carta, os servidores afirmam que o ministro foi “ardiloso, falacioso e grosseiro com os servidores”. Eles relatam também uma postagem de Salles em redes sociais.

“(Ele) Refere-se aos servidores de forma ofensiva, como em postagem no instagram ao dizer que pretendia fortalecer o ICMBio [Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade] ‘com gente séria e competente e não com bicho grilo chuchu beleza’ que ‘já tá provado que não funciona’”, escrevem.

 ICMBio com novo presidente

Na segunda-feira (15/04), o ambientalista Adalberto Eberhard se demitiu do ICMBio após ameaça de Salles de abrir processo administrativo contra servidores. Ativo no Twiiter, o ministro postou agradecimento a Eberhard “especialmente pela maneira com que tratou os inúmeros desafios encontrados nesse necessário processo de restruturação” e anunciou a nomeação do Cel PM Homero, Comandante da Policia Ambiental do Estado de SP, como o novo presidente do ICMBio.

O Ministério do Meio Ambiente ainda não comentou a carta. Ricardo Salles também não. Encontrou-se com o governador de Minas  Gerais, Romeu Zema (Novo), e disse, em post no Twitter: “Debatemos preocupações e temas ambientais na mineração, e logo após fomos a Brumadinho, acompanhar as obras e ações” – sobre as quais o ministro não deu mais detalhes. 

Leia mais sobre Ricardo Salles aqui.