Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

BRASIL - Ministro da Educação volta atrás sobre filmar alunos cantando o hino
Ter, 26 de Fevereiro de 2019 12:35

Ricardo Vélez Rodríguez diz que percebeu erro e muda comun...

(brpress) - Mais uma da série "Pátria amada, Brasil". Em mensagem oficial distribuída a todas as escolas públicas brasileiras, o Ministério da Educação recomenda que diretores de escolas leiam para alunos e funcionários uma “carta” de volta às aulas que termina com o slogan “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”. O MEC afirmou que “a atividade faz parte da política de incentivo à valorização dos símbolos nacionais” e destacou que nenhuma escola é obrigada a seguir as recomendações da pasta.

O ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez também sugere que escolas filmem alunos cantado o hino nacional. Já imaginou 180 mil vídeos de até 25 mega ou 360 mil minutos de vídeos entupindo o site do MEC? Sugestão: mandar direto para o What’sApp do ministro. Parece que ele compete com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, em "ideias de gerico" e contraproducentes em face às necessidades básicas do país, como a melhora da qualidade da educação pública. 

Voltando atrás

Vélez Rodríguez diz que “percebeu erro” e muda comunicado sobre o hino: "Tirei a parte correspondente a filmar crianças sem a autorização dos pais", disse o ministro sobre o comunicado controverso do ministério às escolas. 

Joel Pinheiro da Fonseca , economista e filósofo, dá seu recado sobre o caso: