Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

AMBIENTE - Fracking: polêmico método para explorar gás e petróleo
Qui, 19 de Abril de 2018 13:41

Vivienne Westwood à frente de protesto contra o fracking na...

(brpress) - Fracking é nome em inglês para fraturamento hidráulico. Trata-se de um polêmico processo de perfuração da terra que permite às empresas acessarem petróleo e gás difíceis de alcançar, reduzindo o preço para exploração. Ambientalistas são contra o método. A estilista inglesa Vivienne Westwood está à frente de uma campanha contra o fracking e liderou protestos durante a London Fashion Week, em fevereiro deste ano.  

Estima-se que o fracking tenha oferecido segurança de gás para os EUA e o Canadá por cerca de 100 anos e tenha apresentado uma oportunidade para gerar eletricidade à metade das emissões de CO2 do carvão. No entanto, o método usa enormes quantidades de água, que deve ser transportada para o local onde é feito o procedimento, com um custo ambiental significativo.

 Forbes versus Rolling Stone 

Os ambientalistas dizem que os produtos químicos potencialmente carcinogênicos usados no fracking podem escapar e contaminar a água subterrânea. A revista Rolling Stone americana, na edição de março de 2018, deu uma reportagem denunciando os danos ambientais do fracking. A fonte da reportagem, estudos das ONGs Physicians for Socila Responsability e Concerned Health Professionals of New York, é contestada por artigo na revista Forbes, por "não tendo sido provados cientificamente".

 Também há preocupações de que o processo de fracking possa causar pequenos tremores de terra. Além disso, os ambientalistas dizem que o fracking tira o foco das empresas de energia e dos governos na busca pelo investimento em fontes renováveis de energia. Em vez disso, a técnica ajudaria a incentivar a dependência contínua de combustíveis fósseis. A polêmica está longe de acaber e seguimos acompanhando.