Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

NEGÓCIOS - Recorde brasileiro de crowdequity
Qua, 04 de Abril de 2018 11:41

Rafael Pires (dir.), criador do Meetups 2 Change, e Frederic...

(São Paulo, brpress) - Menos de uma semana após o sucesso do primeiro Meetups 2 Change de 2018, realizado por Rafael Pires (dir.), na Oxigênio Aceleradora, em 29/03, um dos convidados, Frederico Rizzo (esq.), CEO do Kria, fala novamente sobre crowdfunding equity no seminário Empreendendo na Nova Economia, da FGV, em 04/04. 

O Kria, plataforma pioneira no Brasil para investimentos em startups, a partir de R$ 500, da qual também é cliente, bateu um novo recorde brasileiro de tempo e arrecadação: R$ 1 milhão em 15 horas, na terceira rodada de captação aberta ao público, em março – que também teve a corretora de bitcoins Foxbit entre investidores. 

Devido ao potencial de retorno em investimentos em negócios de impacto social – ênfase do Kria –, Rizzo lotou a plateia do Meetups 2 Change, cuja próxima edição acontece em 24/05.  Lançado em outubro de 2014 com o nome de Broota, o Kria já captou mais de R$ 16 mi para 50 empresas – sendo 10 voltadas para negócios de impacto social. O valor de captação por empresa variou de  R$100 mil a R$ 1.5 milhões. 

"Em menos de quatro anos de operação, oferecemos três oportunidades de liquidez para todos os investidores, esta última com retorno de 37% ao ano para quem entrou na primeira rodada", afirma o CEO do Kria.

Mais sobre o Kria

O Kria (antigo Broota) foi pioneiro em equity crowdfunding ao fazer, para si próprio, a primeira captação de investimento pela internet no país, em 2014. Desde então, lidera este mercado em crescimento.

Em julho de 2017, a CVM aprovou uma das melhores regulações de crowdfunding do mundo, o que triplicou a procura de empreendedores pelo serviço de captação online. Com uma nova regulação e um mercado global em expansão – em 2017, cinco países captaram U$5,8bi via crowdfunding de investimento – o Kria atraiu o interesse do fundo Leblon Equities, que adquiriu 10% da empresa em uma oferta secundária e liderou a terceira rodada de captação da empresa

Após captar R$ 650 mil em duas ofertas públicas (2014 e 2015), o Kria iniciou sua terceira rodada de captação, desta vez buscando R$ 2,75 milhões em troca de ações preferenciais representativas de 22% da empresa. Deste total, R$ 1,75 milhões já foram captados com cinco investidores estratégicos e, em março, foi aberta a oferta pública de R$1milhão para qualquer pessoa participar e se tornar sócio, a partir de R$ 500,00. 

(Juliana Resende/brpress) 

Leia mais sobre o Meetups 2 Change aqui