Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

CINEMA - O que é cláusula de inclusão?
Seg, 05 de Março de 2018 11:34

Frances McDormand após ganhar o BAFTA 2018 de Melhor Atriz....

(brpress) - Considerado o ponto alto da festa de entrega do 90o. Oscar, o discurso de Frances McDormand ao ganhar a estatueta de Melhor Atriz por Três Anúncios para um Crime, terminou com o que ela considera palavra-chave para a campanha #Time’sUp, pelo fim do assédio sexual em Hollywood e pela inclusão das mulheres na indústria: cláusula de inclusão ("inclusion rider", em inglês). 

É um termo contratual utilizado em produções cinematográficas que significa que certo ator, atriz, diretor ou roteirista de renome pode exigir uma porcentagem de diversidade de gênero, étnica ou qualquer outra em seu contrato com uma produção. A cláusula serve para estabelecer que um determinado profissional só aceita trabalhar em um filme caso sejam contratados um porcentual de, por exemplo, atrizes, latinos e profissionais LGBT, por exemplo.

Pouca gente sabia da existência dessa cláusula e a própria atriz, que tem 36 anos de carreira e outro Oscar por Fargo (1997), só descobriu esse mecanismo recentemente. Na coletiva de imprensa após sua vitória no Oscar, ela explicou: “Uma cláusula de inclusão significa que você pode demandar por, pelo menos, 50% de diversidade — não só no elenco, mas também na equipe técnica."

Três Anúncios para Um Crime segue em cartaz no Brasil. 

Leia mais sobre Frances McDormand aqui, onde previmos por que a atriz tinha grandes chances de ganhar o Oscar 2018. E ela acabou ganhando também o BAFTA (o "Oscar" britânico). 

Veja o discurso de Frances McDormand no Oscar 2018: