Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

CINEMA - Em Pedaços é resposta contra racismo e impunidade
Seg, 12 de Fevereiro de 2018 18:12

Fatih Akin contra o racismo e a impunidade com Em Pedaços. ...

(brpress) - Quem conhece o trabalho do diretor turco-alemão Fatih Akin pelo ótimo documentário musical Atravessando a Ponte - O Som de Istambul (2005) não imagina do que ele é capaz quando quer falar de temas “duros”. Em Pedaços (In the Fade, 2017), em que Akin questiona a impunidade para crimes de ódio racial, é prova disso.

 Globo de Ouro e  Critics' Choice Awards de Melhor Filme Estrangeiro, Em Pedaços transmite para as telas a fúria de Fatih Akin com os assassinatos cometidos pelo grupo de extrema direita NSU, da Alemanha, entre 2000 e 2006. O filme é também reflexo de sua revolta com a forma como a polícia e o Ministério Público agiram diante desses crimes, investigando, em contrapartida, os parentes das vítimas, e as transformando em criminosos (no caso, por envolvimento com drogas). 

Destruída e inconformada

Esse cenário serve como pano de fundo para a história da protagonista, Katja Sekerci (Diane Kruger), que se transforma de mãe e viúva destruída pela brutalidade em uma mulher calculista, com sede de vingança. Este é o primeiro filme falado em alemão da carreira de Kruger e deu a ela nada menos que a Palma de Ouro de Melhor Atriz em Cannes pela intensidade com que vive a história dessa personagem. 

Além da forte denúncia de como a extrema direita age na maior economia da Europa e de horrores que acabam sendo tolerados, Akin mostra um recorte pessoal da tragédia. A crítica se dividiu com o filme, difícil de ser assistido até o fim, a partir da caça solitária de Katja aos neonazistas. Para os detratores do filme, como o crítico do Guardian Peter Bradshaw, é o momento em que a coisa degringola pela inveracidade. Para outros, é quando a trama se diferencia e fica mais eletrizante. 

Premiado

Como diretor, Fatih Akin ganhou o Urso de Ouro no Festival de Berlim por Contra a Parede (2004), sobre uma muçulmana que se casa para fugir do controle da família conservadora, e Melhor Roteiro no Festival de Cannes por Do Outro Lado (2007), que mistura relações de família e ativismo político na Turquia.

Akin também dirigiu a comédia Soul Kitchen (2009), que gira em torno de um dono de restaurante. Um trabalho propositalmente “mais leve”, segundo o diretor. 

Leia mais sobre Diane Kruger e assista ao trailer de Em Pedaços aqui