Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

CINEMA - Quando Sally encontra Frances
Qua, 31 de Janeiro de 2018 22:06

Sally Hawkins: muda em A Forma da Água. Foto: Divulgação...

(brpress) - Há quem acredite no hype. E há quem considere que a disputa pelo Oscar 2018 de Melhor Atriz está resolvida – mesmo antes de serem anunciados os vencedores, em 04 de março. A categoria é disputada entre papéis excepcionalmente fortes, espécimes femininos de rara obstinação.     Dados os resultados já anunciados de outras premiações, a briga se concentra agora entre a inglesa Sally Hawkins e a americana Frances McDormand. 

Enquanto a personagem de Frances é uma caipira estridente, agressiva e desbocada – Mildred Hayes, a mãe enlutada e indignada  que resolve peitar a polícia devido ao assassinato e estupro de sua filha, em Três Anúncios para Um Crime (estreando no Brasil em 15/02) –, a de Sally Hawkins é a hispânica discreta, frágil porém determinada – e muda – Elisa Esposito. Ambas desafiam, a seu modo, o establishment americano.

Desempate

Frances está se mostrando um osso duro de roer depois de abocanhar os prêmios nesta categoria no Globo de Ouro, no Screen Actors Guild (SAG) Awards e no London Critics’ Circle Film Awards (que também deu a Três Anúncios… o prêmio de Melhor Filme e Melhor Roteiro, para o diretor Martin McDonagh. Sally recebeu o British/Irish Actress of the Year (Atriz Britânica/Irlandesa do Ano).  Sally e Frances digladiam pelo prêmio de Melhor Atriz também no BAFTA, o ‘Oscar’ britânico, que acontece em 15/02.

Nossa aposta é simples: cada macaca no seu galho. Sally vai de BAFTA (o prêmio deve privilegiar uma inglesa) – isso se ela conseguir bater Annette Bening, fortíssima candidata por Film Stars Don’t Die in Liverpool – e Frances leva o Oscar (o segundo de sua carreira, depois do de 1997, por Fargo). 

Inclusão

Se Sally ganhar o Oscar de Melhor Atriz por A Forma da Água, será um prêmio à inclusão. A personagem da atriz inglesa no filme recordista de indicações à estatueta (são 13 no total) vai engrossar o caldo de agraciados com o maior prêmio da indústria cinematográfica sem dar uma palavra. Foi o caso de Jean Dujardin em O Artista (2011) e Holly Hunter em O Piano (1993).

Leia mais sobre A Forma da Água.

Assista ao trailer de Três Anúncios para Um Crime: