Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

MODA - Stella McCartney leva Fashion Awards 2017
Seg, 27 de Novembro de 2017 19:39

Stella McCartney: premiada por inovação pela sustentabilid...

(Londres, brpress) - O Fashion Awards 2017, em parceria com a Swarovski, premiará a estilista inglesa Stella McCartney com um Prêmio Especial de Reconhecimento pela Inovação, celebrando sua contribuição para o setor de moda. McCartney será homenageada em (04/12), no Royal Albert Hall, por seu compromisso com a inovação de materiais e pela utilização de sua influência para aumentar a conscientização sobre questões ambientais. 

 

 Seu investimento constante como um negócio responsável é o que a torna uma das estilistas mais respeitadas da indústria. No entanto, Stella enfrentou recentemente críticas por suposta apropriação cultural pela utilização de tecidos africanos Ankara, sem dar crédito à inspiração na coleção, e de praticar preços exorbitantes, inacessíveis à maioria das pessoas  (leia mais sobre a polêmica aqui) 

Desde pequena

O compromisso da Stella McCartney com questões ambientais é inegável. Como uma vegetariana apaixonada pelos direitos dos animais, McCartney nunca usou couro, peles ou penas em seus projetos. Depois de ter se formado em Design de Moda na Central St Martins, em Londres, começou sua carreira internacional em 1997, quando foi nomeada diretora criativa da Chloé. Em 2001, Stella McCartney estabeleceu sua marca homônima em parceria com o grupo de luxo global Kering. 

Desde o seu lançamento, a marca tem um compromisso profundamente conectado com os valores éticos, acreditando que a empresa é responsável pelos recursos que usa e pelo impacto que estes têm sobre o meio ambiente. O objetivo é explorar constantemente formas inovadoras de tornar-se mais responsável ​pelas práticas de venda e fabricação de produtos. 

Regra, não exceção 

Stella McCartney comenta: "Estou incrivelmente orgulhosa com este prêmio e mais orgulhosa ainda pelo fato de ser um prêmio novo em reconhecimento especial para inovação. Como vou inaugurar a premiação, espero poder inspirar outras marcas  a seguir o exemplo e fazer deste o prêmio mais prestigiado, e não apenas algo especial". 

Dame Natalie Massenet, presidente do British Fashion Council, que outorga o Fashion Awards, comentou: “Também estamos honrados em dar o Prêmio Especial de Reconhecimento de Inovação a Stella McCartney. Ela é pioneira, criou um negócio moderno que, por sua vez, a levou a estar na vanguarda do abastecimento sustentável e da inovação em materiais. Ela é a prova de que luxo e ética combinados podem criar resultados surpreendentes ".

Ecológicos  

Entre as matérias-primas utilizadas por Stella McCartney estão couro vegetariano, que reduz consideravelmente o alto impacto negativo no meio ambiente e o sofrimento dos animais; viscose sustentável de florestas certificadas, reduzindo o efeito sobre o desmatamento; enquanto 62% de todo o algodão usado nas coleções é orgânico. A lã é proveniente de fazendas gerenciadas de forma sustentável e toda a caxemira é regenerada. 

A marca também trabalha com parceiros de reciclagem para todos os materiais sintéticos, a fim de reduzir a necessidade de combustíveis fósseis para a produção têxtil, como o Econyl, que utiliza uma tecnologia regenerada inovadora para produzir um nylon reciclado de qualidade virgem com a capacidade de regenerar-se de forma infinita, evitando o desperdicio sem perda de qualidade. 

Economia circular 

 Nos últimos meses, McCartney revelou novos projetos de sustentabilidade em andamento, incluindo uma nova parceria com a Bolt Threads, que visa a inovação de tecido trabalhando com seda proveniente da bioengenharia. Outra parceria é com o certificador de luxo RealReal, que fornece o primeiro passo para assegurar o ciclo de vida prolongado da roupa, abraçando novos modelos comerciais que transformarão a forma como as roupas são produzidas, vendidas, compartilhadas, reparadas e reutilizadas. 

O futuro da Stella McCartney promete abraçar a economia circular, apoiando a restauração dos ecossistemas afetados pela produção de matérias-primas e construindo soluções transformadoras de cadeia de suprimentos.