Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

ARTE - Trasformada para o Turner Prize 2017
Ter, 26 de Setembro de 2017 00:00

Obra de Hurvin Anderson: trabalho impregnado pelo black powe...

(Londres, brpress) - Este ano, o Turner Prize, o mais importante prêmio de arte britânico e um dos mais prestigiosos do mundo, será entregue em 24 de setembro, na Ferens Art Gallery – já recheada com uma respeitável coleção de arte, melhor acomodada após uma repaginada de 4.5 milhões de libras (cerca de R$ 18 milhões) para sediar a premiação. A galeria sedia também uma exposição com trabalhos dos artistas finalistas, que acontece de 26/09 a 07/01/18, com entrada franca. 

Tamanha extravagância foi catapultada  pelo fato de Kingston Upon Hull, ou simplesmente Hull, onde fica a Ferens, ser a Cidade da Cultura do Reino Unido de 2017. Este mês, quatro artistas finalistas vão encher a galeria de energia: o inglês descendente de jamaicanos Hurvin Anderson (trabalho impregnado pelo black power), a alemã que se divide entre Londres e Berlim Andrea Kuttner, Lunaina Himid, nascida na Tanzânia e que tem no noticiário e na política sua matéria prima, e Rosalina Nashashibi, a mais jovem da turma e multimídia.

Novos rumos 

O Prêmio Turner foi criado em 1984 e visa promover o debate público sobre novos desenvolvimentos na arte britânica contemporânea. O vencedor do Prêmio Turner 2017 será anunciado dia 05 de dezembro de 2017, em uma cerimônia de premiação transmitida ao vivo pela BBC.

Como parte do programa público para o Prêmio Turner 2017, haverá uma série de workshops e eventos nas escolas e em diversos locais em Hull, abertos a todas as faixas etárias. Entre os projetos estão o Fuzzfeed, um novo canal do YouTube patrocinado pelo programa Hull 2017. 

A cargo dos produtores do programa BBC Fuzzbox, o Fuzzfeed apresentará uma peça específica feita por adolescentes e jovens da área de Hull sobre o Prêmio Turner.

Leia mais sobre Hull UK City of Culture 2017 aqui e aqui.

(Juliana Resende/brpress, viajou a Hull com a convite da VisitBritain e da Hull UK City of Culture 2017, tendo um passe BritRail como cortesia)