Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

ESTILO - Na passarela com Jeremy Corbyn 
Dom, 23 de Julho de 2017 19:43

Look da estilista Martine Rose apresentando na London Fashio...

(Londres, brpress) - O líder do partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, está em alta não apenas entre a maioria dos jovens do Reino Unido – ‘Jezza’, como é carinhosa e malemolentemente chamado pelos fãs, está inspirando a moda. Sim, você leu certo – e não importa que ele use meia e chinelo numa entrevista em rede nacional e que não esteja nem aí para sartorialismos. Corbyn tem estilo próprio e isso é uma raridade entre políticos e seus ternos escuros em looks heterogeneamente boring. 

Não somos nós que estamos dizendo: a GQ britânica publicou um artigo sobre o senso fashion (?) despretensioso e original de Corbyn. É verdade que, ultimamente, à medida em que suas chances de virar primeiro ministro aumentaram de acordo com os resultados das últimas eleições gerais britânicas, Corbs deu uma repaginada no guarda-roupa, desfilando por aí sorridente com chapéu Panamá – além da indefectível boina preta, um clássico do figurino da esquerda –, joviais abrigos esportivos  impermeáveis (perfeito para andar de bike – e isso é o que ele mais faz), tênis, bermuda cargo e camisa pólo. 

Intriga da oposição

No Parlamento, os políticos do partido Conservador viviam implicando com o “modo inapropriado” de Jeremy Corbyn se vestir. Ele até que vinha resistindo bravamente a essa obsessão no centro do poder de uma metrópole que é o berço da alfaiataria (a região da Savile Row) e onde a estica masculina é quase um imperativo no manual de boas maneiras do gentleman inglês. Mas, ultimamente, Jeremy tem dado um visível up no visual, usando ternos mais novos e bem cortados e camisas idem, sempre combinando com uma gravada fina vermelha (a cor do Labour, cujo símbolo é uma rosa).

Ao que parece, Jeremy Corbyn ouviu o conselho do rival e ex-premiê David Cameron, que sugeriu-lhe, através da imprensa (que também pegava no pé de Corbyn), usar “um terno de verdade”. O jornal conservador Daily Mail chegou a dar manchete, quando Corbyn foi eleito líder do Labour, em 2015: “Esquerdista assume  liderança do Partido Trabalhista (e tomara que isso inclua um novo guarda-roupa)". 

Fora de moda na moda

Para não dizer que é coisa da mídia burguesa esse negócio de se vestir bem ou mal ou médio, a estilista inglesa Martine Rose declarou que o estilo desgrenhado, ou melhor, casual de Jeremy Corbyn foi uma “massiva fonte de inspiração” para a coleção Primavera-Verão 2017 que ela apresentou na London Fashion Week Men, em junho.

“Gosto de como ele se veste no dia-a-dia e, sim, tornar o comum extraordinário é o que busco com minhas criações”, disse ela à Dazed. Jezza foi convidado para o desfile mas não apareceu. Enquanto Rose e marcas de luxo como Balenciaga (da qual ela é consultora), que reinterpretou o logo da campanha de Bernie Sanders em jaquetas, se inspiram no look dos políticos, há quem prefira se inspirar na política – ainda que isso pareça totalmente fora de moda. 

Veja mais looks de Martine Rose inpirados no estilo de Jeremy Corbyn no Pinterest