Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

ARQUITETURA - Serpentine by Francis Kéré
Qui, 29 de Junho de 2017 16:38

Serpentine Pavilion criado pelo arquiteto Francis Kéré, em...

(Londres, BR Press) -  Um dos projetos arquitetônicos mais famosos do mundo, o Serpentine Pavilion celebra, este ano, um talento africano: o arquiteto Francis Kéré. 

O projeto, comissionado pela Serpentine Gallery e que é um dos mais inovadores do mundo em arquitetura, já tendo tido como convidados Ai Weiwei, Oscar Niemeyer, Zaha Hadid, Frank Gehry, entre outros, escolheu o arquiteto de Burquina Fasso baseado em Berlim. 

Frondosa

A "casa" de Kéré criada para o Serpentine Pavilion é toda em madeira e estruturas metálicas leves. Pretende conectar as pessoas à natureza e entre si. Tem um design étnico e lembra um cocar indígena. 

 O arquiteto se inspirou em uma árvore que serve de ponto de encontro em Gando, capital de Burquina Fasso. Presente na inauguração do Pavilion, que fica aberto até 8 de outubro de 2017, ele falou sobre a importância de valorizar a natureza e do aspecto social da arquitetura. 

Radical Kitchen

"Na minha terra, as pessoas se reúnem embaixo das árvores para conversar. O mesmo vai acontecer na Serpentine", diz o arquiteto. Durante o verão inglês, o pavilhão vai abrigar eventos comunitário-culinários intitulados Radical Kitchen.

Todas as quartas-feiras do mês de julho e agosto, às 13h, grupos como Mazi MasPeople's Fridge e Women for Refugee Women vão cozinhar receitas típicas e compartilhar refeições e histórias de vida – exatamente como acontece embaixo da árvore de Kéré.   

Respiro

O arquiteto africano é uma escolha radical da Serpentine celebrando a diversidade de Londres e a arquitetura vinda da África. Seu trabalho traz respiro e frescor ao coração da capital britânica – e a um de seus pulmões, o parque Kensington Gardens, onde fica a Serpentine e o pavilhão arquitetônico –, num momento em que a cidade enfrenta sucessivos acontecimentos perturbadores. 

 Kéré ganhou diversos prêmios importantes como o Green Planet Architecture Award (2013) e Schelling Architecture Foundation Award (2014), tendo seu trabalho sido tema de duas exposições individuais: Radically Simple, no Architecture Museum, em Munique (2016), e Sensing Spaces, na Royal Academy of Architecture, em Londres (2014).

(Juliana Resende/BR Press)

Leia mais sobre Francis Kéré e o Serpentine Pavilion na Harper's Bazaar Brasil de agosto de 2017.

ENTREVISTA COMPLETA COM FRANCIS KÉRÉ DISPONÍVEL PARA LICENCIAMENTO EDITORIAL. 

Veja mais fotos no Facebook e Instagram da brpress. 

Assista a trecho da fala do arquiteto no lançamento do Serpentine Pavilion: