Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

CINEMA - É Tudo Verdade discute assédio sexual
Qua, 19 de Abril de 2017 11:48

Imagens do filme Mexeu com Uma, Mexeu com Todas viralizaram ...

(BR Press) - Muito vem se falando sobre o assédio sexual. No Brasil, o tema ganhou as redes sociais depois que a figurinista da Rede Globo Susllem Tonani denunciou o ator José Mayer pelo crime. Por isso, o É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários, que acontece de 19 a 30 de abril, acertou em cheio ao exibir  filmes que também têm tudo para dar o que falar.

Mesmo estreando em 05/05 no canal Curta!, o filme Mexeu com Uma, Mexeu com Todas, da cineasta Sandra Werneck (Cazuza - O Tempo Não Para) promete ter sessão cheia no festival. O filme debate o tema da violência contra a mulher e se propõe a ser uma ferramenta de disseminação e de conscientização da causa.

Depoimentos de mulheres tão diferentes, geracional e culturalmente, como a escritora Clara Averbuck, que também pode ser lida no blog Lugar de Mulher, a nadadora Joana Maranhão, a ex-modelo Luiza Brunet e a farmacêutica Maria da Penha, que, por conta de um tiro dado pelo marido deixando-a paraplégica, empresta seu nome à Lei de 2006 que criminaliza agressões às mulheres, é possível ver como práticas intimidadoras ainda são uma praxe em grande parte das relações conjugais no Brasil.

Casos não reportados

O pior é que a maioria dos casos de agressão e intimidação não chegam à Justiça. É isso que o filme Se Você Contar (2017), de Roberta Fernandes, mostra. Seguindo o documentário Jogo de Cena, de Eduardo Coutinho,  cinco mulheres contam a violência que sofreram e as dificuldades de levar os fatos à polícia e ao judiciário.