Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

REINO UNIDO - ‘Londependence’ cancelada
Seg, 27 de Junho de 2016 15:20

James OMalleys, criador da petição pela independência de ...

(Londres, BR Press) - O o escritor freelance londrino James O’Malleys autor da petição apelidada de ‘Londependence’, que recolheu mais de 150 mil assinaturas e cerca de £3 mil (cerca de R$ 14 mil) em menos de 24 horas, depois que o resultado do referendo que decidiu pela saída do Reino Unido da União Europeia foi divulgado, na sexta-feira (24/06), diz que vai tirar o ar a campanha do site Change.org. 

O’Malleys admitiu estar com “a cabeça muito quente” quando resolveu criar a petição. Segundo o jornal Evening Standard, de circulação gratuita no metrô de Londres, ele disse que, apesar da decisão, “a campanha serviu para dar voz às pessoas insatisfeitas” com o resultado do referendo. A ideia de O’Malleys era pressionar o prefeito de Londres Sadiq Khan a declarar a independência de Londres do Reino Unido, e recolocar a capital britânica na União Europeia. 

Arrecadação

“Depois, conversando com amigos, vi que havia me excedido”, admitiu O’Malleys. No entanto, o londrino diz que ainda não sabe que rumo a campanha pode tomar e que aguarda orientações para saber o que vai fazer. A petição foi alvo de questionamentos e críticas, não com relação à sua reivindicação, mas sobre o que ele pretende fazer com o dinheiro, arrecadado em 14 horas. “Vou devolver a todos que doaram”, garantiu.

Londres teve uma das maiores votações pela pernanência do Reino Unido na União Europeia, em toda a Inglaterra – cerca de 60% dos londrinos rejeitaram o Brexit. Mas nesta segunda-feira (27/06), o governo britânico disse que, ao contrário do que pede quase metade da população que votou, não pretende convocar outro referendo sobre a saída do país da União Europeia. 

A hipótese de uma nova consulta popular ganhou força nos últimos dias, quando mais de dois milhões de pessoas assinaram uma petição on-line solicitando outro referendo. O site petition.parliament.uk chegou a travar com a quantidade de pedidos. A iniciativa partiu de um cidadão identificado como William Oliver Healy, que pede para os deputados britânicos a "implementação de uma norma pela qual, se o voto para sair ou ficar na UE for inferior a 60%, com uma participação de 72%, deveria ser convocado outro referendo". 

Humor inglês

"Londres parece outro país. Vamos transformá-lo em um", tuitou o usuário Jason Wiltshire, utilizando a hashtag #IndependenceForLondon (independência para Londres, em português). "Somos tão bons em organizar plebiscitos! Que tal #IndependenciaparaLondres", escreveu outro usuário no Twitter. Houve ainda quem criasse um partido fictício, dedicado à causa da independência da capital britânica: o London Independence Party (Partido da Independência de Londres), que tem pouco mais de 1,3 mil seguidores no Twitter e exibe a bandeira da União Europeia na capa de seu perfil na rede social.

Leia mais sobre a saída do Reino Unido da União Europeia aqui e aqui