Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

MUNDO - Civilização ocidental e cristã?
Sex, 23 de Março de 2012 16:06

Isaac Bigio*/Especial para BR Press

(Londres, BR Press) - Usualmente, costuma-se falar que a nossa é uma "civilização ocidental e cristã",  ainda que Jesus, seus apóstolos e seus primeiros discípulos tenham sido orientais. O Leste foi o berço e o bastião do cristianismo durante três  quartos do tempo de existência desta religião.

A Bíblia e seus personagens centram-se no Oriente Médio. Abraão nasceu no Iraque, Moisés no Egito e Jesus na Palestina. Fora da Ásia, o único continente que ele e seus pais conheceram foi a África, mas não a Europa.

A capital do início do cristianismo foi Jerusalém e, após a destruição desta pelos romanos, no ano 70, a maioria dos cristãos se concentrou no Oriente, pois muito poucos viajaram até a parte oeste do império que crucificou Cristo e que massacrava seus seguidores.

Mundo árabe

O primeiro reino que fez do cristianismo seu credo oficial foi o de Éfeso (limite entre a Turquia e a Síria) e a primeira nação convertida ao cristianismo foi a Armênia. Ainda hoje, a igreja siriaca se orgulha de ser a única que reza em uma língua aramaica como a em que Jesus pregava; os coptas egípcios mantêm o idioma que este país tinha quando Jesus ali viveu e continuam cultuando os lugares onde ele esteve; a igreja etíope se preza por possuir a Arca da Aliança com os 10 mandamentos.

Constantino, o imperador que transformou o cristianismo na religião oficial, construiu a cidade que leva seu nome na divisa entre a Europa e a Ásia, e que foi o centro do cristianismo. Constantinopla ficava entre os três grandes patriarcados – o de Roma européia, Antioquia asiática e Alexandria africana –, sobreviveu mil anos à conquista bárbara de Roma e chegou a ter a maior e mais espetacular catedral da Idade Média.

Ainda no Oriente

    Diarmaid MacCulloch, autor de História do Cristianismo, sustenta que em seus três primeiros séculos, todos os prognósticos apontavam para a expansão do cristianismo para o leste, embora. surpreendentemente, Roma tenha alterado isso ao converter-se a esta fé. Mas, ainda assim, a maioria dos cristãos continuaram vivendo no Oriente até quase meio milênio atrás.

    Até aquela época, a igreja mais extensa era a nestoriana do Oriente, que dominava os povos do Oriente Médio até a China. Nos últimos três séculos, a igreja que dominou o maior território contíguo do mundo foi a ortodoxa eslava, que se estendia até o extremo Oriente.

    O Islã, que é errôneamente  reduzido como "oriental", dominou a maioria do império romano e o ocidente da Europa (Ibéria), liderando até hoje no Marrocos, que está a oeste da Europa.

    A maioria dos povos que criaram os principais países da Europa ocidental eram "bárbaros" orientais, enquanto que a filosofia grega, a álgebra, as universidades e as ciências modernas ocidentais também foram importadas do mundo islâmico.

(*) Isaac Bigio vive em Londres e é pós-graduado em História e Política Econômica, Ensino Político e Administração Pública na América Latina pela London School of Economics. É um dos analistas políticos latino-americanos mais publicados do mundo. Fale com ele pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. , pelo Twitter @brpress e/ou no Facebook. Tradução: Angélica Campos/BR Press.