Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

GENTE - Gordinhas X magras
Sex, 21 de Outubro de 2011 15:28

Melissa McCarthy: "Aos 41 anos, acho que as coisas que me de...

(BR Press) - Na indústria de Hollywood e no showbis em geral, onde a beleza é um dos ingredientes para se alcançar o sucesso, o peso de astros e/ou aspirantes a estrelas interfere – e muito – nesse caminho, principalmente para as mulheres. O culto ao corpo perfeito não permitia que atrizes e cantoras acima do peso conquistassem bons trabalhos e reconhecimento. Mas, agora, a história parece ser outra.

 "Três ou quatro anos atrás, era tudo sobre magreza, magreza, magreza. Agora estamos voltando às mulheres reais e vendo que isso é bonito", disse Melanie Bromley, chefe de redação da revista US Weekly ao jornal USA Today. Comumente, a publicação produz matérias sobre o peso dos famosos.

Ser tradicionalmente "gostosa", no entanto, pode ser uma faca de dois gumes. Antes de Rooney Mara ser a escolhida para interpretar Lisbeth Salander, a protagonista de The Girl With the Dragon Tattoo, Scarlett Johansson chegou bem perto de conseguir o papel, mas, acredite se quiser, foi dispensada por ser gostosa demais.

Quem contou a história foi o próprio diretor do filme, David Fincher, que falou à revista Vogue para um perfil de Mara. Ao comentar a escolha da atriz, ele explicou: "trouxemos pessoas da Nova Zelândia e Suazilândia e de todos os lugares. Vimos algumas pessoas maravilhosas. Scarlett Johansson foi ótima. Foi um teste incrível, eu posso dizer. Mas o problema com Scarlett é que você mal consegue esperar para que ela tire suas roupas".

Curvas

Hollywood abriu os olhos e percebeu que talento não se mede pela circunferência do corpo. Basta citar dois nomes bem sucedidos da indústria do entretenimento: a atriz Melissa McCarthy e a cantora Adele.

Melissa McCarthy sempre foi vista em papéis coadjuvantes na televisão e, este ano, levou o Emmy de Melhor Atriz de comédia pelo seriado Mike & Molly. Ela também é uma das protagonistas da comédia de sucesso Missão Madrinha de Casamento (Bridesmaids, 2011).

"Não posso controlar coisas bobas como o que vou vestir ou como me aparento, então eu apenas tento não ligar para isso", disse McCarthy à revista The Hollywood Reporter. "Aos 20 anos, eu falaria: 'eles não gostam de mim?'. 'É o meu cabelo?'. Aos 41 anos, acho que as coisas que me definem, espero, sejam menos insignificantes como essas", completa.

Adele, ganhadora do Grammy de Melhor Revelação em 2009, não sai das paradas atuais graças ao hit Rolling in the Deep. "Não tenho tempo para me preocupar com algo tão pequeno como a minha aparência. Não gosto de ir à academia. Gosto de comer bem e tomar bons vinhos", revelou a cantora à revista Rolling Stone americana.

Tamanho GG

O sucesso de McCarthy em Mike & Molly mostra que na televisão as gordinhas estão dominando. O seriado Drop Dead Diva, que está na terceira temporada, tem como protagonista uma modelo arrogante que encarna no corpo de uma advogada acima do peso para descobrir o sentido da beleza interior.

Outras atrizes tamanho grande da TV são: Chandra Wilson, Loretta Devine e Sara Ramirez, de Grey's Anatomy, Amber Riley, de Glee, e Gabourey Sidibe, indicada ao Oscar de melhor atriz por Preciosa (Precious, 2009), que pode ser vista na série The Big C.

Símbolo sexual

A ruiva Christina Hendricks, do seriado Mad Men, é conhecida pelo corpo curvilíneo. Em 2010, ela foi eleita a mulher mais sexy do ano pela revista Esquire. Os atributos mais comentados da atriz são os seios volumosos.

"É tão bizarro as pessoas me perguntarem se meus seios são reais! Eles são, obviamente, de verdade. Qualquer pessoa que já tenha visto ou tocado em um seio saberia que os meus são naturais", falou a atriz ao jornal Daily Mail.

Tamanho PP

Mesmo com a constante negativa de Hollywood e da mídia para as mulheres acima do peso, volta e meia algumas celebridades magrinhas são acusadas de estarem abaixo do peso ou de sofrerem distúrbios alimentares.

A cantora LeAnn Rimes é um dos alvos prediletos da mídia americana. Para rebater, ela faz diversos twitts com comentários e fotos para mostrar que não está esquelética, apenas magra e saudável.

"Não sei o porquê dessa obsessão das pessoas com a imagem corporal e como elas pensam que as celebridades não são humanas. Elas às vezes esquecem que somos apenas humanos", disse ela ao jornal USA Today.

Realeza

A atual vítima da mídia quanto à magreza é a duquesa de Cambridge, Kate Middleton. Ela fez uma dieta pouco antes de se casar e as especulações sobre ela estar passando por um distúrbio alimentar pipocam a todo momento.

Fotos da duquesa até foram parar em sites que defendem a anorexia, tendo-a como um modelo a ser seguido. No entanto, as últimas notícias que circulam é de que ela está fazendo uma dieta de engorda para se preparar para a gravidez do primeiro filho.

Prato cheio

A atriz Megan Fox fez uma dieta vegetariana rígida, mas percebeu que estava perdendo muito peso. Por isso, ela abandonou o regime, como revelou à revista Amica.

"Durante um ano e meio segui uma dieta com base em frutas e vegetais crus, sem açúcar, pão e café. Mas perdi muito peso. Então, agora eu como de tudo um pouco e treino três vezes por semana".

No efeito sanfona de Hollywood, a ditadura da moda mostra que as curvas estão em alta e a, de bem definidas, a peso de outro.

(Vanessa Wohnrath/Especial para BR Press)