Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

SUTIÃ - Em busca do modelo perfeito
Ter, 11 de Outubro de 2011 20:01

Liz, Hope (com Gisele) e Loungerie apostam no tamanho difere...

(BR Press) - Atire a primeira pedra, a mulher que nunca comprou um sutiã lindo, mas que depois se revelou um tremendo incômodo. Desconforto nas costas, alça apertada, aro que machuca, bojo sobrando, seios sem forma... Mas o tormento de usar um sutiã errado está com os dias contados. Antes tarde do que nunca, começam a aparecer nas lojas do Brasil sutiãs com numeração diferenciada para o bojo e as costas – sistema usado no exterior há tempos. 

É impossível um sutiã tamanho 40 ficar bom em uma mulher com seios pequenos e costas largas e em uma com seios grandes e costas estreitas, por exemplo. Por isso, o padrão de medidas diferenciadas é a solução que chega para sustentação confortável e valorização das formas dos seios.

Consultoria

A Liz lançou essa proposta de tamanho diferenciado em 2007, mas somente agora é possível achar peças com mais facilidade nas lojas de departamento. São 30 modelos com cores variadas que vão dos tamanhos 38 a 50 (costas) e A, B, C, D, DD, F, G (bojo), com preço em média de R$ 75.

"Nos Estados Unidos, foi realizada uma pesquisa revelando que 80% das americanas usam sutiãs errados. No Brasil não é diferente, por isso é importante mostrar para as brasileiras que é possível encontrar o sutiã certo", diz Margaret Vasconcelos, auxiliar de marketing da Liz.

A marca está realizando em São Paulo, até domingo (09/10), no Shopping Morumbi, consultoria gratuita. "Estamos realizando esse serviço para as mulheres descobrirem seus números corretos de sutiã e elas notam a diferença. Fizemos a consultoria em Campinas, Curitiba, Salvador, Rio de Janeiro e estamos repetindo em São Paulo. Atendemos uma média de 300 mulheres, a cada campanha".

Outra marca que aposta no tamanho diferenciado de sutiãs é a Hope. A linha Touch Universal é para média e alta sustentação. O preço de cada peça varia entre R$80 e R$85 e são encontradas nos tamanhos 40 a 48 (costas) e A, B, C, D e DD (bojo).

Boutique

A Loungerie, marca que chegou em 2009, oferece mais opções de modelagens, cores, estampas e preço mais barato: R$ 59. Com lojas em São Paulo e Rio – uma vistosa esquina no Leblon, perto do shopping do bairro –, as vendedoras ficam com uma fita métrica pendurada no pescoço e uma tabelinha no bolso. Tudo em busca da máxima eficiência para tirar as medidas e calcular o tamanho ideal de sutiã para a cliente.

São 120 opções com tamanhos de 40 a 50 (costas) e A, B, C e D (bojo).

Tecnológico

Também pensando no conforto, a marca italiana Ritratti utiliza tecnologia para criar sutiãs (e calcinhas) que não deixam marcas no corpo e têm o efeito "invisível", por baixo da roupa. Alças hiperelásticas e até óleo especial inserido no tecido prometem conforto. A linha Star Cup, por exemplo, tem bojo de silicone, ajustando-se ao seio com recorte diferenciado que permite decotes bastante generosos.

Um sutiã normal e outro com tamanho diferenciado são iguais quando vistos juntos mas, no corpo, há muita diferença. Pode acreditar: depois de experimentar um sutiã que se ajusta ao corpo de forma certa, sem apertar ou sobrar e dando um up no decote, as peças que estão em seu guarda-roupa correm o risco de serem aposentadas – para sempre.

(Vanessa Wohnrath/Especial para BR Press)