Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

MUNDO - Davos, versão jovem
Qua, 10 de Fevereiro de 2010 13:11

Kate Robertson, entre um participante e Kofi Annan, e Davi...

(Londres, BR Press) - One Young World é a primeira conferência global de jovens líderes, que combina o poder social da internet com a energia e idéias da juventude global para identificar/solucionar os maiores desafios da atualidade. A primeira conferência ocorreu nesta segunda-feira (08/02), na capital londrina. O evento, que termina nesta quarta (10/02), é o encontro mais geograficamente diverso, reunindo lideranças globais com menos de 25 anos já realizado – aproximadamente 700 delegados de 107 países.

    Criado por David Jones, diretor global da agência de notícias francesa Havas, e Kate Robertson, presidente da Euro RSCG  – empresa à qual o One Young World é ligado –, o evento pode ser acompanhado ao vivo, pela internet, via transmissão streaming – e em atualizações em tempo real no Facebook, Twitter e no site www.oneyoungworld.com .

    Empresas x liberdade

    O processo de seleção dos delegados foi feito pela internet com taxa de € 3 mil (cerca de R$ 7.5 mil). Empresas como a American Express, Allianz, Starbucks, Hewlett Packard, Samsung, entre outras, participam patrocinando aqueles que não podem pagar para estar no evento.

    Para o criador do One Young World, David Jones, o envolvimento das empresas não torna a conferência passível de manipulação ou controle dos temas seguindo interesses de patrocinadores, pois os assuntos a serem debatidos não possuem agenda ou pautas fixas.         

    Emergentes

    As maiores nações emergentes do mundo lideram o grupo de representantes, a China terá 35 delegados, Índia, 32, e o Brasil, 27. O país anfitrião, Reino Unido, soma 16 delegados e os Estados Unidos, 22. O encontro também reúne jovens de diversos países menores, como Bangladesh (11), Etiópia (6), Guiana (2),  Nepal (4) e Vietnã (4). 

    As sessões plenárias serão comandas por personalidades ilustres, como ex-Secretário Geral das Nações Unidas, Kofi Annan, o Arquebispo Desmond Tutu, Sir Bob Geldof e Dr. Muhammad Yunus, e abordarão temas como mudanças climáticas, saúde global e diálogos inter-religiosos.
 
(Tradução de Gabriel Bonis/Especial para BR Press)